PESQUISAR 0800 605 1100

Como deixar a sua casa segura para idosos?

0

Envelhecer traz consigo uma série de alterações no corpo, como redução na audição, visão e mobilidade e isso se traduz em limitações, em menor e maior grau, da interação do idoso com o espaço em que vive. Nessa fase da vida, é possível prevenir acidentes evitando a exposição do idoso a riscos, principalmente dentro de casa.

Nos últimos anos, o número de brasileiros idosos com idade a partir de 65 anos passou de 4 milhões, conforme o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A perspectiva, portanto, é que a expectativa de vida aumente ao longo das próximas décadas. Manter a casa segura para idosos é importante para quem tem um morador com mais de 60 anos

Veja as principais modificações para uma casa mais segura:

 

1) Móveis

Atenção com os móveis, pois devem ser firmes e baixos, para não caírem em cima do idoso ou esbarrar a ponto do objeto sair do lugar e provocar um acidente.

Outro ponto importante é a localização dos móveis na casa. Deve-se tomar cuidado com os móveis na passagem, atrapalhando a locomoção. É sempre bom deixar espaço para o idoso ter onde escorar.

Outras dicas:

– Retire todos os tapetes dos cômodos. Caso não seja possível, fixe antiderrapantes neles.
– Evite prateleiras muito altas ou muito baixas. Coloque os objetos que são mais utilizados em locais baixos e os menos utilizados nos armários superiores.
– Coloque protetores nas quinas dos móveis.
– Deixe sempre uma luminária na cabeceira da cama, caso o idoso queira levantar-se a noite.
– Mantenha a casa sempre bem iluminada.
– Evite deixar objetos espalhados pelo chão.
– Evite encerar o piso da casa e arrume os tacos soltos.

 

2) Banheiro

O banheiro é um dos locais que mais requer cuidado, pois é um ambiente que costuma estar molhado, ser escorregadio e, geralmente, o idoso fica mais vulnerável.

Investir em janelas arejadas e com grade para o vapor e fumaça do chuveiro sair com mais facilidade, manter suporte para segurar, trocar o box de vidro por cortina de plástico, instalar antiderrapantes e usar cadeira de banho.

Outras dicas:

– Coloque barras de apoio fixas ao lado do vaso sanitário e do chuveiro.
– Instale um assento para vaso sanitário (suporte que aumenta a altura da privada).

 

3) Apagadores e Interruptores

As tomadas, apagadores e interruptores devem ficar em locais de fácil acesso. Verifique se estão encapados e não oferecem risco, como tomar choque ou provocar um curto, por exemplo.

Outra dica:

– Mantenha os fios elétricos e extensões fora da área de circulação, prendendo-os, por exemplo, nas paredes.

 

4) Cuidado Com Escadas

Caso o prédio ou casa tenha mais de um andar e sem elevador, organize a locomoção do idoso para evitar subir e descer escadas muitas vezes ao dia.

Outras dicas:

– Instale corrimão nos dois lados das escadas e rampas.
– Coloque faixa antiderrapante nos degraus e rampas.
– Não subir em banquinhos e escadas

 

5) Gás

A cozinha é considerada um dos locais mais perigosos em um lar. Em decorrência da idade e qualidade da saúde, muitos idosos tendem a esquecer de desligar o fogo e/ou o gás, fechar a geladeira etc.

Dicas importantes:

– Substituir o modelo de fogão comum por um elétrico
– Prefira torneiras com sensores para saída de água apenas quando coloca se as mãos debaixo delas e geladeiras que alertam quando ficam abertas por muito tempo.

Últimos Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CaptaMed © Todos os direitos reservados.