PESQUISAR 0800 605 1100

Infecção é maior causa de morte em UTIs

0

A infeção é uma das principais causas de morte nas UTIs brasileiras. As dores, febre e vômito são alguns dos diversos sintomas para infecções urinária e intestinal, mas ainda considerados males corriqueiros e de pouca importância para a maioria das pessoas. Entretanto, o que muita gente não sabe é que, caso as infecções não sejam tratadas adequadamente, os resultados podem ser irreversíveis e fatais, levando até mesmo ao óbito.
Assim como um resfriado mal curado e um machucado mal cicatrizado, as infecções de urina e intestino, quando não cuidadas de maneira adequada, podem provocar problemas sérios à saúde.

 

Mas, Afinal, O Que é Infecção de Urina e Intestino? Quem Tem Uma Tem a Outra Também Ou São Distintas Entre Si?

Para começar, vamos definir o que são cada uma dessas infecções.
1. Infecção de Urina: causada por bactérias que vivem entre a vagina e o ânus. Na verdade, o problema não são as bactérias comuns nessa região. A complicação acontece quando essas bactérias migram para a bexiga, podendo até chegar aos rins, provocando uma infecção. Se as bactérias não alcançarem os rins, o problema, conhecido como cistite, fica apenas concentrado nesse órgão. Mas, se seguirem para os rins, a infecção, nomeada de pielonefrite, fica mais grave. Nesse estágio, é comum estar acompanhada por febre alta (acima de 37.8°), calafrios e dor na região lombar.

2. Infecção de Intestino: causada pela presença de algum agente patogênico nos tecidos intestinais. Um agente patogênico é qualquer micro-organismo capaz de causar doenças, como uma bactéria, um vírus ou um parasita. Os micro-organismos podem causar infecções no estômago e nos intestinos delgado e grosso. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que aproximadamente 2 milhões de crianças morrem por ano por causa de doenças que causam diarréia.

3. Curiosidades: quem tem infecção de urina não, necessariamente, terá infecção intestinal também e, vice-versa. Além disso, essas infecções são mais comuns em crianças e idosos por estarem mais vulneráveis aos vírus, o que não quer dizer que as demais pessoas não precisam se cuidar e preocupar com a saúde.

 

E o Tratamento, Como Funciona? Existe Prevenção?

O tratamento para os dois casos é muito simples, quando descobertos no início e sem maiores transtornos, com medicamentos, soro, água, dieta simples e especializada de acordo com a situação.
O site mundoforma.com.br publicou matéria, destacando que “o tratamento de uma infecção intestinal deve ser feito de acordo com o tipo de agente infeccioso. Assim, tratamentos diferentes devem ser feitos para quem sofre de uma infecção causada por uma bactéria ou por outro microrganismo como um vírus, por exemplo”.
Já, a infecção urinária é tratada, conforme explica o site minhavida.com.br “feito à base de antibióticos. Mas, o médico também poderá receitar um analgésico para aliviar a dor e a ardência ao urinar. O tratamento varia de acordo com a frequência que a pessoa apresenta quadros infecciosos”.
Prevenir é sempre uma excelente opção e o famoso ditado, “é o melhor remédio”. Para evitar infecção urinária, a receita é bem simples: “evitar ficar longos períodos sem urinar, tomar líquidos em quantidades apropriadas (especialmente em dias quentes, combater a constipação intestinal (“intestino preso”), fazer a adequada higiene da genitália e praticar exercícios físicos”, portaldaurologia.org.br.
Além do mais, segundo o portal tuasaude.com, existem alguns aspectos diferentes sobre a prevenção contra a infecção intestinal, como “lavar bem as mãos após usar o banheiro ou tocar em animais domésticos, lavar bem as mãos antes e depois de pegar em qualquer alimento, evitar o consumo de carnes e ovos mal passados, consumir água filtrada ou fervida” etc.

Últimos Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CaptaMed © Todos os direitos reservados.